Sérgio Conceição fez este sábado a antevisão do jogo da segunda jornada em Famalicão e falou do que espera encontrar por parte da equipa orientada por Ivo Vieira:

Que Famalicão espera: «Espero uma equipa dentro do que deixou época passada, o treinador é o mesmo; com algumas saídas a estrutura mantém-se. Habituou-nos a ser uma equipa bastante estável. O treinador tem feito bons trabalhos, muito positivo como dá dinâmica às equipas, estamos atentos a isso. Devem jogar com o Bruno Rodrigues nas alas, o [Ivan] Jaime na frente, no meio-campo poderá entrar o Pepê, com David Tavares e o Assunção. A linha defensiva penso que será a mesma, com o Riccieli e o Dylan a centrais e o Diogo Freitas e o Ruben Lima nas laterais. Não podemos controlar o quer o adversário vai fazer, mas sabemos o que temos de fazer.»

Famalicão pode ajustar defesa: «Por vezes os treinadores tentam surpreender, organizar defensivamente de forma diferente. Eu como treinador de equipas menos fortes que os 3 ou 4 grandes não mudei sistema por defrontar determinado clube. Já o fiz na Liga dos Campeões, alterei a nossa estrutura habitual, mas é estratégia. Respeito, desde que o tempo útil seja respeitado… não posso falar muito disso se não ainda sou multado… Respeito quem jogue com uma linha de cinco ou seis, cabe-nos a nos desembrulhar organização defensiva. Sei que o Ivo encaixa o medio no meio dos centrais, fazia isso no Vitória com o Pepê.»

Ivo Vieira falou em equilibrar a posse de bola: «Não podemos controlar o que o adversário prepara, não sei o que vai na cabeça do Ivo, mas olhámos para prestações e há um comportamento padrão que percebemos; o jogo ganha vida dependendo do que fizermos, depende muito de nós, e se querem ter bola cabe-nos a nós não permitir isso.»

Quando chegou disse q ia estar atento à formação: «Sou um treinador que olha para a competência e qualidade, tenha 18, 28, 38 anos, branco, negro, cor de rosa, não olho para isso. Encontrei aqui uma geração de jogadores da formação que acompanhei nestes 4 anos fantásticos nas transições, vencedores como na youth league. O jogador de primeira equipa tem de ter requisitos, é preciso algo mais que a qualidade da formação. É preciso algo mais com a exigência do meu grupo de trabalho. Temos 10 que adquiriram esse estatuto de poderem estar disponíveis.»

«Aceito linhas defensivas com cinco ou seis se o tempo útil for respeitado»
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here