Sem entrar em detalhes na conversa que teve com Karim Benzema, o selecionador Didier Deschamps admitiu que foi um diálogo intenso.

«Só faço escolhas desportivas. Por isso liguei para Benzema. Foi uma convicção profunda que me levou a convocar Benzema, mas não vou dizer. Desculpe é uma palavra muito forte. Desde que me tornei treinador, tive certas situações com alguns jogadores. Mas nunca fui radical. Se acredito que é bom para a seleção, fico inclinado nessa direção. Benzema não é uma decisão pessoal. Se tivesse sido, não teria aceitado», explicou o selecionador francês em declarações à RMC.

Sobre a sua conversa com Benzema: «Karim disse algumas coisas bastante fortes, mas depois de três minutos, tudo voltou ao normal.»

O avançado francês regressou à seleção após cinco anos de ausência.

Deschamps: «Benzema disse-me coisas fortes»
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here