Paulo Freitas, treinador da equipa de hóquei em patins do Sporting, não escondeu o orgulho com a revalidação do título de campeão europeu, após a vitória sobre o FC Porto, por 4-3, no prolongamento da final da Liga Europeia, disputado este domingo no Luso.

«É usual começar por falar dos jogadores e dizer que foram fantásticos, mas isso foi evidente e toda a gente viu. Quero falar do que ninguém viu. Toda a estrutura fez um trabalho fantástico desde sábado à noite. Os nossos fisioterapeutas, a nossa médica, trabalharam afincadamente até às 3 da manhã para recuperar os jogadores», enalteceu o técnico leonino.

«Muito obrigado pelo trabalho que fizeram e já tínhamos determinado que hoje [domingo] íamos deixar tudo e íamos morrer dentro da pista para conquistar novamente esta taça. Além deles, a minha equipa técnica, toda a gente que colabora com esta rapaziada, há muita gente a trabalhar por trás para que os jogadores tenham todas as condições, estão todos de parabéns», aplaudiu Paulo Freitas.

«Quem trabalha é recompensado. Tenho dito isso e insisto muito no balneário. O trabalho que temos vindo a fazer, caminhamos todos para o mesmo lado, vamos tendo a recompensa com os troféus que conquistamos», salientou.

«Determinámos que íamos morrer na pista»
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here