Ao longo desta temporada, foram vários os episódios de alegada indisciplina de Edin Dzeko para com Paulo Fonseca, que culminaram com o afastamento momentâneo do jogador e a perda da braçadeira de capitão. No final do jogo com o Ajax, em que o avançado bósnio apontou o golo que valeu o empate e segurou o apuramento para as meias-finais da Liga Europa, Dzeko voltou a ‘abrir o jogo’ sobre o assunto.

«Aqui, o que importa é a Roma, não o Dzeko ou a braçadeira de capitão. Foi com esse pensamento que continuei a lutar pelo lugar. É difícil aceitar algumas coisas quando já jogaste tanto tempo ao mais alto nível, mas sou mentalmente forte e não teria chegado tão longe na minha carreira se não fosse assim. Estou em Roma há seis anos, houve muitos altos e baixos esta época não foi a melhor por várias razões, mas não quero mais olhar para o passado. O que lá vai lá vai», atirou o dianteiro à Sky Sport Italia.

Dzeko recorda ‘caso’ com Paulo Fonseca: «É difícil aceitar algumas coisas»
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here