Com a seleção principal de Espanha isolada para evitar contágios, após a infeção de Sergio Busquets, a Real Federação Espanhola (RFEF) decidiu convocar os sub-21 para o jogo desta terça-feira com a Lituânia. Uma medida que não agradou aos clubes onde militam os atletas.

Jovens promessas do futebol espanhol, a maior parte dos jogadores incluiu cláusulas nos contratos com prémios caos se estreassem pela seleção principal. Ora, os que jogarem diante da Lituânia vão ativar essas alíneas, já que a FIFA confirmou que se trata de uma internacionalização.

Um encargo extra para os clubes que motivou alguns protestos diante da RFEF, que se escudou no motivo excecional que levou a tomar esta medida.

Recorde-se que, dos 20 convocados que estiveram no Campeonato da Europa sub-21 com Espanha, apenas Bryan Gíl, do Sevilha, já teve minutos na seleção principal. Quer isto dizer que 19 atletas sonham com a estreia absoluta.

Estreia dos sub-21 na seleção principal não agrada aos clubes
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here