O diretor executivo do Monza, Adriano Galliani, admitiu que temeu pela vida enquanto esteve internado a lutar para sobreviver à Covid-19.

«Foi um pesadelo. Não via nada, apenas a parede à minha frente. A unidade de cuidados intensivos não tinha janelas. O interior tinha só camas. Estive nos cuidados intensivos de sete a 17 de março e foram os dez piores dias da minha vida. Tive medo de morrer», disse o dirigente, de 76 anos, ex-dirigente do Milan, em declarações ao Corriere della Sera.

Galliani: «Tive medo de morrer»
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here