O extremo Marcos Paulo, cedido pelo Atlético Madrid, revelou ontem não ter escolhido o Famalicão ao acaso.

«Já seguia o clube desde o sexto lugar na Liga. O Nehuén Pérez, com quem fiz a pré-temporada no Atlético, jogou no Famalicão [2019/2020] e ajudou muito a ter decidido vir para cá», disse o internacional sub-18 e sub-19 português.  


«Vou sempre dar o máximo para ajudar o Famalicão, cujo projeto também me desafiou bastante», adiantou  o avançado, de 20 anos, que se deu um pouco  a conhecer: «Considero-me um jogador inteligente e habilidoso, que gosta de jogar entre linhas, fazer assistências e marcar golos.»    

 

«Já seguia o clube desde 2019»
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here