Vítor Magalhães, presidente do Moreirense, confirma que a entrada do agente Pedro Pinho no estádio no jogo com o FC Porto foi feito através da «quota de oito credenciais» que o clube tem direito a utilizar, mas nega, de forma clara, que o empresário tenha sido convidado pelos cónegos.

«O Moreirense cedeu um convite, não foi atrás do Pedro Pinho para o convidar, ele é que pediu. Nunca fez um negócio connosco. Nesta altura de pandemia, o Moreirense não convida ninguém», disse.

E explicou o processo: «Temos direito a oito convites. São 16 credenciais, mandámos oito convites ao FC Porto e nós temos direito a outras oito. Ao FC Porto foram enviados os oito pedidos. Não conheço o Pedro Pinho, conheci e muito bem o seu pai, antigo presidente do Rio Ave [José Maria Pinho].  Através de uma mensagem, dele ou alguém próximo dele e de nós, não me lembro exatamente da mensagem que recebi, perguntaram se havia hipótese de ceder uma credencial. Perguntei ao responsável por esse departamento se sobrara. Tínhamos uma de sobra e cedemos. Não é a primeira vez que o Pedro Pinho vem a Moreira de Cónegos acompanhar o FC Porto, nem será a última. Todos sabem que ele é do FC Porto, próximo do clube. É agente de futebol, mas nunca meteu nem tirou nenhum jogador do Moreirense, nem nunca vendeu nenhuma atleta do Moreirense».

E concluiu: «O Moreirense não tem nada a ver com que se passou ontem [segunda-feira]. Mas aquilo não pode acontecer: o Pedro Pinho deve estar muito arrependido, ainda não percebi bem como fez aquilo porque não falei com ele».

«Moreirense não convidou Pedro Pinho, ele é que pediu»
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here