O Belenenses SAD recebe este domingo o aflito Boavista, que partilha os últimos lugares com Nacional (que foi goleado na abertura da jornada pelo Portimonense por 1-5, na estreia de Manuel Machado) e Marítimo.

O treinador Petit dispensava a paragem, depois de ter vencido em Faro e empatado em Vila do Conde, mas aproveitou para dar descanso aos jogadores de forma a «atacarem» melhor o último terço do campeonato.

«Depois do jogo com o Rio Ave dei três dias de folga porque agora vamos ter jogos de três em três dias sem paragens. Era importante para superarem algum cansaço psicológico, verem outras caras, desligarem-se um pouco dos jogos. Agora que voltaram foi trabalhar para este último terço. Eles estão bem, sinto a equipa confiante e alegre.    

Segue-se então o Boavista. «Sabemos que faltam 10 jogos, mas temos de fazer o nosso trabalho. O Boavista é uma equipa forte, deu para usar estes 15 dias para trabalharem melhor com um treinador que entrou a meio. Trabalhei com Jesualdo Ferreira seis meses em 2002, quando fui para o Benfica depois do Mundial. É diferente do Vasco Seabra, mas estamos preparados para o que possa surgir amanhã, acredito que vão entrar em 4x3x3. É uma equipa com qualidade. Quando não se está em bom momento tenta-se melhorar, eles devem ter trabalhado vários aspetos, têm jogadores do meio para a frente que podem criar desequilíbrios, espero que amanhã não estejam nesse bom dia. Do nosso lado anular esses pontos fortes. As equipas já olham para nós de madeira diferente, ainda frente ao Rio Ave, mesmo com 10 estivemos bem, resta-nos tentar fazer mais golos», resumiu.

«Não queríamos que parasse o campeonato porque estávamos num bom momento, mas faz parte, descansámos e agora temos tempo para melhorar e dar uma boa resposta», disse ainda.

Sobre o interesse assumido do Coritiba em Henrique, Petit não se mostrou preocupado. «O Henrique tem contrato! É bom que o nosso xerife tenha propostas, é sinal de que está a fazer um bom trabalho. Com 33 anos continua a ser valorizado, as pessoas estão atentas, mas é um jogador que tem contrato para a próxima época. Estamos satisfeitos com o comportamento dele dentro e fora de campo. É bom para ele porque se sente valorizado e bom para nós porque quer dizer que estamos a trabalhá-lo bem», atirou.

Cafú Phete não pode jogar por ter de cumprir isolamento depois de representar a seleção da África do Sul, Rúben Lima poderá voltar.

Luca van der Gaag, que costuma atuar pela equipa B, vai ser segunda-feira operado lesão nos ligamentos cruzados do joelho e será baixa por, pelo menos, seis meses.

«Não queríamos que parasse o campeonato, estávamos num bom momento»
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here