O Tribunal de Novi Sad, no norte da Sérvia, condenou Srdjan Obradovic a 15 meses de prisão efetiva depois de considerar provado que este abusou da sua posição enquanto árbitro para assinalar um penálti inexistente num jogo entre o Spartak Subotica e Radnicki Nis, disputado em 2018.

O Departamento de Prevenção contra a Corrupção de Novi Sad decidiu ainda banir Obradovic da arbitragem por um período de dez anos, ficando também impedido de desempenhar qualquer função na Federação de Futebol da Sérvia, confirmou a agência de notícias Tanjug.

No jogo em causa, o Spartak venceu por 2-0, ambos os golos marcados de grande penalidade, sendo que um deles foi classificado de «escandaloso» pela imprensa desportiva.

2018 : un pénalty est accordé suite à une main… imaginaire. Les joueurs ne bronchent même pas.

L’arbitre, suspecté d’avoir truqué le match, est arrêté dans la foulée pic.twitter.com/fO9dNWStvV

— Fudbalski Hram (@Fudbalski_Hram) March 2, 2021

Pena de prisão para árbitro que marcou penálti inexistente
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here