Questionado se tem alguma coisa a provar no jogo de terça-feira (20 horas) com o Spartak Moscovo, referente à segunda mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, Jorge Jesus atirou:

– Pelo meu currículo, podia dizer que não tenho nada a provar. Mas não digo porque todos os dias um treinador tem de provar a sua qualidade para atingir os objetivos do clube onde trabalha.

Para o treinador do Benfica, o regresso dos adeptos às bancadas do Estádio da Luz é «motivo especial» para celebrar: «Ao fim de um ano é o primeiro jogo na Luz com público. Fui habituado a estar no estádio com 60, 65 mil adeptos que nos empurraram para as vitórias que conseguimos no passado.»

«Estávamos ansiosos pelo regresso dos adeptos e, como sempre, esperamos que nos ajudem a passar esta eliminatória. Vencemos o primeiro jogo fora, mas o adversário ainda tem um jogo. Conseguimos um resultado favorável em Moscovo, mas podem pensar que podem fazer o mesmo aqui. Vamos tentar que isso não aconteça. Achamos que temos condições para passar esta eliminatória e, com a ajuda dos adeptos, vai ser mais fácil.»

Sobre o arranque de temporada, com duas vitórias nos dois primeiros jogos oficiais: «Queremos sempre começar bem a época, seja em que competição for. Mas isto não como começa, é como acaba. Agora temos mais um ano de trabalho, melhor conhecimento da equipa e os jogadores também conhecem melhor o que eu quero. Tudo isso faz com que estejamos mais fortes neste início de temporada.»

«Podia dizer que nada tenho a provar…»
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here