Vicente del Bosque, antigo selecionador de Espanha, não hesita em apontar Portugal, detentor do título, como um dos mais fortes candidatos à conquista do Euro-2020. Avisa, porém, que a concorrência será forte. A começar, desde logo, pela seleção… de nuestros hermanos.

«Entre as equipas favoritas incluo a Espanha, mas temos de perceber quem são e como estão os nossos adversários. O importante nestas competições curtas é chegar bem. Por isso houve campeões que não estavam nos prognósticos, como Portugal no último Europeu. Portugal é sempre candidato mas não era o grande favorito. E o mesmo aconteceu com a Grécia em 2004», argumentou o experiente técnico, de 70 anos, em entrevista ao diário ‘AS’.

«A França terá de demonstrar em campo o seu favoritismo. Não há discussão possível [quanto à qualidade da seleção de Didier Deschamps] mas estão num grupo muito duro (com Portugal, Alemanha e Hungria). Itália também está bem. Não descarto Inglaterra, Alemanha, Portugal, Bélgica… Não sei se os Países Baixos», elencou Del Bosque.

«Portugal é sempre candidato mas não era o grande favorito»
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here