Francesco Caputo, avançado do Sassuolo, confessou que, entre as restrições impostas pela pandemia, jogar com os estádios vazios é a que mais estranheza provocou nos futebolistas.

«Podemos habituar-nos a tudo. Até a jogar sem adeptos, mas é difícil. Sentimos falta deles, pessoalmente até dos insultos sinto falta. Mas a saúde está em primeiro lugar. Não é o momento certo para voltar a abrir os estádios», referiu o italiano, de 33 anos, em entrevista ao jornal La Repubblica onde também falou do seu percurso como jogador:

– Cresci a jogar em campos pelados, mas nunca tive a obsessão de me tornar futebolista. Sempre joguei para me divertir, tentando melhor e, lentamente, encontrei o meu caminho.

«Sinto falta dos insultos dos adeptos»
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here