Foi um dos episódios do dia em França e que ultrapassou fronteiras. O desentendimento entre Xeka e Tiago Djaló, colegas de equipa do Lille, motivou uma reação do primeiro que se justificou após a expulsão dos dois jogadores após ânimos mais quentes antes do intervalo.

O jogo particular com os belgas do Kortrijk (1-1) terminou com a equipa gaulesa com apenas nove jogadores após um lance aceso entre os dois jogadores.

«Queria apenas explicar-me relativamente àquilo que aconteceu durante o jogo. Fiz uma observação a um companheiro com o qual nunca tive que me preocupar, mas este sentiu-se ofendido», escreveu Xeka nas redes sociais, deixando uma garantia: «No entanto, eu nunca o insultei ou lhe faltei ao respeito. Ao apito para o intervalo, ele partiu na minha direção de forma agressiva e eu, simplesmente, tentei defender-me.»

A terminar, o médio português deixou um pedido de desculpas aos adeptos. «Peço desculpa aos adeptos e ao clube por esta situação e por esta atitude que nunca fizeram parte da minha carreira. Todos aqueles que me conhecem sabem que não sou, de todo agressivo. Posso ter uma personalidade forte, mas sempre com boas intenções», concluiu.

Xeka visa Tiago Djaló: «Partiu de forma agressiva»
Source:
Source 1

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here